Home / Transporte e atualidade / Transporte / Wtransnet termina 2020 com as ofertas de cargas em alta e boas perspetivas para o novo ano

Wtransnet termina 2020 com as ofertas de cargas em alta e boas perspetivas para o novo ano

2020 despede-se com 4,5 milhões de ofertas de cargas tendo como origem e/ou destino a Península Ibérica registadas na plataforma, testemunhando a superação da crise do coronavírus e delineando perspetivas animadoras para 2021.

A primeira metade do ano foi marcada pela pandemia e pela paralisação da atividade comercial, especialmente até à Semana Santa. A partir desse momento, as cargas começaram a estabilizar-se e, graças a uma excelente campanha de verão e ao último trimestre com melhores dados que em 2019, pode afirmar-se que 2020 se despediu com uma nota positiva.

As exportações dispararam na última fração de 2020

As ofertas de cargas para a exportação não deixaram de subir na última metade do ano, com um incremento ainda mais notável a partir de setembro. Assim, registaram-se quatro meses consecutivos com números acima dos registados no mesmo período do ano passado, 30% superiores. Deste modo, conseguiu-se travar a queda na primeira fração de 2020 e a lacuna na balança de exportações ibéricas relativamente a 2019 foi amortecida até -14%.

As importações retomam o caminho do crescimento

As ofertas de cargas para importação traçaram um caminho semelhante ao das exportações e, desde o seu ponto mais baixo no mês de maio, aumentaram até ao ponto de os números do último trimestre de 2020 se situarem próximos dos registados no mesmo período do ano anterior.

Ao longo destes doze meses, contabilizaram-se 1,1 milhões de ofertas de cargas para importação, apenas 15% menos do que os 1,3 milhões contabilizados em 2019.

O transporte nacional termina com otimismo

Ao nível doméstico, as ofertas de cargas tendo como origem e destino a Península Ibérica, que correspondem a mais de metade do total de ofertas da bolsa de cargas da Wtransnet, também se afastaram dos números desanimadores do início do ano, chegando ao final do exercício com menos 19% relativamente a 2019, muito longe dos -67% que se chegou a registar em abril.

Entramos em 2021 com dados que nos transmitem esperança, com um fluxo que se comportou de forma muito positiva na última fração do ano recentemente concluído. Resta saber quais serão os efeitos do intenso temporal de neve com que se iniciou janeiro e as novas perspetivas de confinamento perante o aumento dos contágios. Em todo o caso, as perspetivas são boas para o transporte rodoviário de mercadorias.

Para obter mais informações sobre a atividade da bolsa de cargas e camiões da Wtransnet, consulte o relatório completo aqui.

Check Also

As ofertas de cargas disparam na bolsa de cargas da Wtransnet durante o primeiro trimestre de 2021

Segundo a atividade registada na bolsa de cargas da Wtransnet, o setor do transporte rodoviário ...

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *