Home / Transporte e atualidade / Transporte / Dicas sobre como melhorar o fluxo de caixa do seu negócio de transportes

Dicas sobre como melhorar o fluxo de caixa do seu negócio de transportes

O objetivo de todas as empresas de transportes, para além de prestarem um serviço valioso à sociedade, é claro: ganhar dinheiro. Ninguém tem um negócio para gerar perdas e, derradeiramente, os lucros devem sempre ultrapassar as despesas. No entanto, no sector da logística e dos transportes, nem tudo é assim tão simples.

A mensagem é clara: se a procura aumentar, as empresas de camiões precisam de aumentar as suas operações. Isto significa custos iniciais mais elevados para camiões e equipamento e, possivelmente, longas semanas de espera para obter as receitas dos seus serviços. Algo que pode traduzir-se numa escassez de dinheiro que ameaça o seu negócio de transportes. 

A maioria dos profissionais de transporte pode encontrar alguns obstáculos para manter um fluxo de caixa saudável. O aumento da concorrência no mercado, a crescente procura por incorporar tecnologias emergentes e os preços elevados dos combustíveis representam um pesado encargo nas operações. Além disso, não devemos ignorar os efeitos da pandemia da COVID-19 no setor dos transportes, que afetou significativamente as condições de trabalho, agravando os desafios enfrentados pela indústria. 

Em muitas ocasiões, os elevados custos de manutenção das frotas de camiões, pessoal ou instalações significam que é necessário incorrer em saídas de capital inesperadas que podem perturbar o seu plano de negócios. Por este motivo, a primeira coisa que devemos de salientar é que é essencial ter um fluxo de caixa sustentável. 

Neste contexto, pode ser difícil ter uma perspetiva otimista do fluxo de caixa. Mas nem tudo está perdido. Já existem soluções específicas para poupar e, mais importante ainda, para obter financiamento rápido e fiável. 

Verificação do cliente e controlo de faturas para profissionais de transporte 

Três formas de os profissionais de transporte permanecerem solventes e protegerem o fluxo de caixa:  

  1. Analise os seus potenciais clientes: não entre em pânico, existem várias formas de se manter na vanguarda. Em primeiro lugar, é importante analisar a capacidade de pagamento de um novo cliente antes de fechar um novo contrato. Por muito reputada que seja a empresa, se tiver um longo historial de incumprimento ou de longos atrasos no pagamento, não será diferente no nosso caso. Neste sentido, antes de fechar um negócio de transporte, é possível chegar a um acordo com o cliente para que este lhe pague imediatamente, logo após a entrega de uma carga. 
  2. Documente as suas faturas de transporte e mantenha um registo do cliente: é bastante comum que, devido ao caos do dia a dia, algumas faturas possam ser extraviadas. Um erro que pode ser muito dispendioso. Manter um acompanhamento exaustivo das faturas é essencial e, caso tenha de reclamar um pagamento, se o fizer educadamente e tiver dado ao cliente o benefício da dúvida de antemão, pode até reforçar a sua relação comercial. Também é interessante manter registos detalhados dos clientes com os quais trabalhou. Desta forma, se voltar a trabalhar com eles, não irá ter nenhum problema devido a negligência. 
  3. Para além de tudo isto, podemos contar com ajuda externa. A Wtransnet, por exemplo, é a única bolsa de cargas no mercado, juntamente com a sua homóloga Teleroute, que oferece uma garantia de pagamento instantâneo antes de carregar o seu camião. Tal serviço é possível devido à sua colaboração com a companhia de seguros COFACE, um dos serviços mais valorizados pelos clientes. 

Soluções para o dia a dia 

Para além destas decisões puramente administrativas, existem outras tarefas que podem ajudar a melhorar o nosso fluxo de caixa. 

  • Um bom planeamento das despesas regulares irá ajudá-lo a calcular antecipadamente os seus custos de acordo com o preço médio dos recursos de que necessita e o número de quilómetros que espera percorrer. 
  • Da mesma forma, ter equipamento atualizado, com o qual economiza em manutenção e combustível, irá poupar-lhe dinheiro no final do mês. 

Para a maioria das empresas de transportes, a utilização de tecnologias digitais é uma das melhores formas de acabar com a ineficiência. De facto, um dos maiores obstáculos nas empresas de transportes é melhorar a eficiência, reduzindo os quilómetros vazios. É aqui que entram em jogo bolsas de cargas como a Wtransnet. Através da sua plataforma online, a Wtransnet liga a oferta e a procura de capacidade. Ter acesso a estas informações permite gerir a atividade diária da empresa de uma forma mais sustentável, com várias alternativas para a contratação, reduzindo assim os quilómetros vazios. 

Por último, podemos pensar na redução de custos em áreas que não contribuem para a sua empresa. Todos os serviços que presta são rentáveis? A empresa está a subcontratar trabalho que pode ser feito de forma mais económica internamente? Existem novas tecnologias que possam eliminar métodos mais dispendiosos de realizar um trabalho? 

Parecem ser demasiados processos, mas no final, uma vez institucionalizados e executados sistematicamente, permitem que o seu negócio funcione sem percalços. 

Check Also

Transporte frigorífico

Transporte de bens refrigerados – que veículos há à disposição?

Numa altura como a que vivemos, quando os consumidores sabem que podem ter qualquer coisa ...

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *