Home / Transporte e atualidade / Legislação / Um guia prático para obter uma carta de condução para automóveis pesados

Um guia prático para obter uma carta de condução para automóveis pesados

A profissão de condutor de camiões é daquelas que, em muitas ocasiões, é transmitida de pais para filhos. É bastante comum que existam várias gerações de condutores de camiões na mesma família, tornando-a uma profissão muito vocacional. No entanto, é necessário cumprir uma série de condições.

A primeira, e certamente a mais importante, é obter uma “carta de condução para automóveis pesados. Tal como a carta de condução de automóveis ligeiros, cada país da União Europeia possui os seus próprios requisitos para a obtenção deste documento.

Assim, neste artigo, vamos apresentar uma visão geral das regras que são aceites pela maioria dos países da UE sem entrar nos pormenores de cada nação.

Os diferentes tipos de cartas de condução para automóveis pesados e a idade mínima 

Em primeiro lugar, para obter a categoria C, que lhe permite conduzir um camião, é necessário primeiro obter a categoria B. Mas o que é que posso conduzir com a categoria C? 

Com a categoria C, pode conduzir veículos como camiões e carrinhas com um peso em carga total superior a 3,5 toneladas, inclusive ao transportar um reboque leve. No entanto, se o condutor tiver menos de 21 anos, o peso em carga total não pode exceder as 7,5 toneladas. No caso de pesos superiores, o CQC (transporte de mercadorias) também deve ser obtido para o transporte profissional. Desenvolveremos esse ponto mais adiante neste artigo.  

A categoria C integra várias modalidades: 

  • C: permite-lhe conduzir qualquer veículo com um PMA (peso máximo autorizado) superior a 3500 quilos sem limite de toneladas e transportar até 9 passageiros, incluindo o condutor.  
  • C1: esta categoria permite-lhe conduzir veículos cujo PMA se situa entre os 3500 e 7500 quilos. Através desta categoria, poderá também transportar um máximo de 9 passageiros, incluindo o condutor.  
  • C1+E: permite a inclusão de um reboque não leve cujo PMA é de 750 quilos.  
  • C+E: permite atrelar um reboque não leve.  

Como mencionado anteriormente, um aspeto a ter em conta é a idade do condutor. Em novembro de 2021, uma modificação do regulamento geral dos condutores, imposto pela Diretiva Europeia, reduziu a idade mínima necessária para conduzir camiões (mais de 7500 kg de PMA) para 18 anos, desde que a condição prévia para obter o certificado de aptidão profissional, como veremos abaixo, seja cumprida.   

Isto significa que todas as categorias acima mencionadas têm uma data de validade e um limite máximo de idade: são renovadas de cinco em cinco anos, mas apenas até aos 65 anos, idade a partir da qual terão de ser renovadas a cada dois anos. A categoria CE para automóveis pesados (mais de 20 toneladas) só pode ser renovada três vezes por ano, até aos 68 anos. Após os 68 anos, a categoria CE é “convertida” para uma categoria C normal.  

Como obter a categoria CE 

Primeiro, tem de obter a categoria CE, e para isso, tem de passar um exame teórico e dois exames práticos. Se já possui a categoria C1, não precisa de realizar o teste teórico. A primeira parte dos exames consiste em controlar as aptidões e os comportamentos num circuito fechado (trajetos do exame da categoria C). Depois de ter passado, seguirá para a segunda parte, que consiste num teste de condução em circuito aberto.  

O que mais devo considerar se quiser tornar-me num profissional em transportes?  

O Conselho Europeu aprovou igualmente um regulamento a nível comunitário para os diferentes certificados de capacidade profissional, que são documentos exigidos em muitos países para poder conduzir estes veículos a nível profissional. 

Desde setembro de 2008, o regulamento prevê que os condutores profissionais que estão a começar no sector dos transportes devem passar dois tipos de cursos do CCP (certificado de capacidade profissional). Em primeiro lugar, é realizada uma qualificação inicial de 280 horas após a obtenção da carta de condução da categoria B. Em seguida, é necessária uma segunda qualificação acelerada de 140 horas a cada 5 anos. Se falhar a segunda qualificação, a sua licença será revogada.  

O Parlamento Europeu pretende concentrar-se em questões específicas, tais como a proteção preventiva dos utilizadores vulneráveis (ciclistas, peões, etc.), a condução eficiente em termos de redução do consumo de combustível e da emissão de poluentes, a otimização e atualização das técnicas de condução em condições climáticas extremas, e os conhecimentos e possibilidades proporcionados pelos sistemas de transporte inteligentes.  

Quanto tempo demorará e quanto custará?  

Obter a carta de condução da categoria C implica algum tempo e dinheiro. Segundo a Academia del Transportista, num país como a Espanha, uma pessoa de 18 anos que pretenda obter todas as permissões e autorizações para transportar mercadorias em qualquer camião, incluindo todos os testes relevantes e considerando que o condutor os passa todos à primeira tentativa, demoraria cerca de 345 dias. O tempo médio para obter o CCP inicial de 280 horas varia entre 4 e 6 meses, enquanto o tempo médio para obter a categoria C varia entre 60 e 70 dias.

E existe ainda o aspeto financeiro. O preço final da obtenção da carta dependerá de cada escola de condução, das práticas realizadas e do número de vezes necessárias para a obtenção de cada um dos testes. Em geral, como indicado pela companhia de seguros espanhola Mapfre, e tomando a Espanha como exemplo, o montante varia normalmente entre 800 e 1000 euros, que inclui o preço da escola de condução, os custos para fazer o exame e 90 euros para os custos de cada um dos exames práticos que terá de realizar. Tenha em atenção que ainda tem de adicionar o custo do atestado médico e outras despesas específicas, que também podem ser exigidas.

Check Also

Verão de 2022: dicas para os condutores de camiões

A temporada de verão já começou e as estradas de toda a Europa ficam cada ...