Home / Transporte e atualidade / Transporte / Ofertas de carga sobem 42% no primeiro semestre do ano

Ofertas de carga sobem 42% no primeiro semestre do ano

Após um início do ano que marcou uma clara tendência ascendente para o transporte rodoviário de mercadorias, incluindo um mês recorde de Março, o último relatório de ofertas de transporte de mercadorias da Wtransnet, a principal bolsa de cargas da Península Ibérica, confirma esta estabilização ascendente do sector. Tanto que nestes seis meses foram feitas mais de quatro milhões de ofertas de carga, mais de um milhão mais do que no mesmo período de tempo em 2021.  

Este é um número muito significativo, especialmente tendo em conta que o início do ano foi muito complicado, a começar pelo conflito na Ucrânia e, claro, pelas suas consequências, que ainda estamos a sentir: aumento dos preços dos combustíveis, escassez de produtos e inflação generalizada em toda a Europa. Apesar disto, tem havido um crescimento extraordinário de 42% nas ofertas de carga. 

Números notáveis na exportação, importação e transporte interno 

Como dissemos, entre Janeiro e Junho de 2022, mais de quatro milhões de ofertas de carga foram registadas no mercado espanhol e português. Um aumento que tem sido palpável em todas as rotas: exportação (+31%), importação (+51%) e transporte interno (+44%). 

Para além dos números formidáveis do mercado interno, onde atingimos quase 1,5 milhões de ofertas de carga, vale a pena destacar o crescimento experimentado nas rotas de e para França, o nosso principal mercado. As ofertas de carga de saída para França registaram um crescimento de 60%, enquanto as ofertas de retorno também registaram um crescimento significativo, com mais 37% de actividade. 

Estas percentagens são semelhantes às registadas noutros países como a Itália, Alemanha e Países Baixos, sendo a excepção o Reino Unido, que registou valores inferiores tanto para as importações como para as exportações, embora mais uma vez positivos, o que poderia significar a estabilização deste mercado após Brexit e o seu impacto no transporte rodoviário internacional de mercadorias. 

Seja como for, a curva ascendente das ofertas de carga aumentou a velocidade de cruzeiro e estamos a caminhar para uma campanha de Verão em que as perspectivas são muito optimistas. 

Leia o relatório completo aqui. 

Check Also

Verão de 2022: dicas para os condutores de camiões

A temporada de verão já começou e as estradas de toda a Europa ficam cada ...