Home / Transporte e atualidade / Transporte / A Wtransnet impulsiona o uso de objetos conectados no camião para melhorar o sector do transporte

A Wtransnet impulsiona o uso de objetos conectados no camião para melhorar o sector do transporte

Wtransnet, a plataforma de networking no setor do transporte, aposta pelo uso de objetos conetados para melhorar a eficiência do setor.

De acordo com um estudo publicado na revista Science baseado em 1000 camiões estudados durante 24 horas, estes apenas se dedicavam ao transporte 10% do tempo, enquanto 25% estavam fora de serviço, 14% se dedicavam à carga e descarga e o 16% viajavam em vazio.

Seguindo esta linha, recentes previsões auguram que os dispositivos conectados  poderiam aumentar um 30% até 2020, chegando o setor do transporte a empregar 237,2 milhões de objectos conectados, para fazer mais fácil o tempo de condução e gestão do camião. Portanto, não é estranho pensar que o futuro do setor passe por implementar soluções que melhorarão o dia-a-dia dos profissionais. Neste sentido, a Wtransnet posicionou-se como líder na aplicação da tecnologia no setor do transporte com a sua bolsa de cargas e o seu innovador sistema de coincidências, precisamente para balancear os fluxos de transporte e reduzir as viagens em vazio.

“Na Wtransnet sempre acreditamos no potencial da tecnologia para melhorar a vida das empresas e autónomos dedicados ao transporte terrestre” assegura Jaume Esteve, CEO da Wtransnet. “Apostamos pela Internet sem duvidar em 1997 quando criamos a primeira bolsa de cargas e camiões, e estamos convencidos que agora nos encontramos face uma segunda revolução exigida pelo setor”.

 Os veículos conectados podem oferecer grandes vantagens para melhorar estes problemas de eficácia, e já não falamos de uma tendência de futuro mas de uma realidade. Por exemplo, a limitação das horas de trabalho permitidas por lei, é um dos principais obstáculos que os motoristas se enfrentam na estrada.

Para fazer isso, foram desenvolvidas aplicações para controlar as suas horas e planear as suas rotas, informando-os sobre os seus tempos de condução e períodos de descanso necessários, permitindo-lhes otimizar as suas rotas.

Além disso, com uma simples olhadela ao telemóvel, o transportador já pode encontrar cargas para o camião vazio através da app Wtransnet Cargo, que incorpora geolocalização e serviço  de garantia de pagamento imediata; ou pode encontrar os locais para estacionar perto da posição do motorista com toda a informação prática necessária, como se área dispõe de chuveiros, WC’s, restaurantes, Wifi, se é gratuito ou se dispõe de vigilância, uma das principais demandas dos transportadores.

5-internet

Não falamos apenas de apps, mas também de objectos conectados pensados para ajudar o transportador no seu dia-a-dia, como um relógio de pulseira inteligente que informa o motorista da sua velocidade média, o seu consumo de combustível, os seus tempos de descanso, mede o seu pulso e permite-lhe receber notificações de chamadas, SMS e correios electrónicos.

Esta tendência não se limita apenas aos veículos, mas também as auto-estradas e vias rápidas farão parte da mudança. Já se estão a gerir alguns projectos que permitem ver como serão as estradas do futuro: asfalto, que graças à energia solar permite gerar o abastecimento necessário para auto abastecer-se; estrada que se iluminam automaticamente à noite ou que facilitam o derretimento do gelo no inverno, graças à luz solar acumulada durante o dia; asfalto drenante para as zonas mais chuvosas e asfalto auto reparável, o que significaria uma economia significativa nos custos de manutenção e de reparação e reduzir os danos ambientais que implicam as tarefas de manutenção; ou mesmo estradas capazes de transmitir energia para veículos elétricos.

Conectando os meios de transporte a una infra-estrutura inteligente abre-se um mundo de possibilidades para converter todos estes dados em informação significativa que permita aumentar a eficiência e segurança do setor, com aplicações que permitem estar informado em todo o momento e ajudam à comprovação do veículo e em caso de acidente; melhoram a comunicação durante os longos dias de trabalho; favorecem o meio ambiente e reduzem custos, facilitando ao mesmo tempo o trabalho dos transportadores.

About Veronica Rodríguez

Veronica Rodríguez
Redacción

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *