À descoberta do transporte paletizado

A movimentação de mercadorias de um ponto para outro utilizando uma palete, ou transporte paletizado, é actualmente o método de distribuição mais comum no mundo. Desde que a sua utilização se generalizou após a Segunda Guerra Mundial devido a novas exigências dos consumidores, estas estruturas planas tornaram-se os aliados ideais para os profissionais dos transportes quando procuram mover artigos pesados e, ao mesmo tempo, facilitam o processo de empilhamento.

Actualmente, a maioria das empresas que enviam cargas pesadas ou grandes volumes de mercadorias para o estrangeiro utilizam transporte paletizado nas suas instalações. Além disso, com a introdução de inovações mecânicas todos os anos, a colocação em veículos é extremamente simples, uma vez que as mercadorias são simplesmente colocadas em paletes, devidamente embaladas e fixadas com correias para as estabilizar. 

Este tipo de transporte persegue assim vários objectivos, tais como melhorar os tempos de operação das mercadorias, tratá-las de uma forma simples e garantir a segurança do operador. Em qualquer caso, deve ter-se em conta que, para tornar o transporte de mercadorias paletizadas mais seguro e mais acessível, é necessária a normalização internacional das paletes, especialmente agora que o comércio é mais global do que nunca. E não há uma dimensão compatível com todos os regulamentos, pois não podemos esquecer que o transporte de paletes envolve o transporte de uma vasta gama de mercadorias e materiais em contentores de diferentes dimensões. 

De facto, existe um grande número de paletes já em uso e em circulação. As dimensões padrão das paletes são de 120 x 80 centímetros, embora em países como os Estados Unidos ou o Reino Unido, elementos de 100 x 120 cm se tenham generalizado durante os anos oitenta do século passado. Em qualquer caso, estes dois tamanhos são ainda hoje utilizados e, além disso, as caixas de cartão têm dimensões perfeitamente compatíveis com as paletes para minimizar os custos de transporte. 

Tipos de transporte paletizado e tipos de paletes 

Entre os sistemas de armazenamento e transporte, a paletização convencional é a mais difundida. Oferece inúmeras vantagens económicas e funcionais e é utilizado para diferentes tipos de bens ao mesmo tempo. Há também paletização compacta, perfeita para produtos homogéneos. Este método faz melhor uso do espaço e proporciona um melhor controlo do inventário, bem como a redução do tempo de manipulação. Finalmente, existe a paletização dinâmica, que permite uma maior rotação das mercadorias e acelera a circulação para o transporte. 

Tudo isto também depende, claro, do material de que as paletes são feitas, e pode haver várias alternativas. 

  • As paletes mais conhecidas e mais amplamente utilizadas são feitas de madeira. Este material adapta-se perfeitamente aos diferentes pesos e cargas a transportar; no entanto, deve ser de alta qualidade, de uma variante mais suave e também resistente. As estruturas de paletes de madeira são normalmente desinfectadas e revestidas com o verniz necessário para evitar a contaminação. 
  • As paletes plásticas são utilizadas especialmente para mercadorias que requerem medidas rigorosas de higiene e refrigeração, embora não sejam tão duráveis como as paletes de madeira. Após a sua vida útil, a melhor opção é reciclá-los. 
  • As paletes metálicas são feitas de aço e são, naturalmente, muito fortes para todo o tipo de cargas. São principalmente utilizados para bens mais pesados. 
  • As paletes de cartão são mais frágeis e leves e, embora não sejam tão utilizadas por este motivo, a sua principal função é melhorar o volume da embalagem durante o transporte. 

Transporte paletizado passo a passo 

O processo de transporte de paletes é, como dissemos no início, muito simples. O primeiro passo é, obviamente, contactar uma empresa dedicada ao transporte de paletes e informá-los das suas necessidades de transporte. Uma vez acordados os termos, os peritos em transporte de paletes recolherão a mercadoria no momento, local e data estipulados pelo cliente. 

Com a palete pronta, é então a vez do pessoal do armazém colocar correctamente a mercadoria nos camiões. Uma vez terminado, o camião deixará o armazém a tempo para garantir que todas as paletes cheguem ao seu destino a tempo. Antes de o veículo deixar o centro de transporte, o condutor ou o pessoal do armazém irá fixar devidamente as paletes para garantir que não se movimentem ou sofram danos durante o transporte. 

Vale a pena lembrar que muitas empresas de transporte de paletes oferecem agora serviços de localização aos seus clientes. O rastreio é geralmente feito através de uma ligação web que pode ser clicada para acompanhar o progresso dos bens. 

Nesta secção, deve ser feita referência às redes de distribuição de paletes. São parcerias constituídas por várias empresas que trabalham em conjunto para oferecer soluções eficientes, rentáveis, seguras e completas aos seus clientes. Porque, logicamente, é difícil para uma empresa com um único centro de distribuição entregar paletes em qualquer parte do país no prazo de 24 horas, uma vez que precisaria de centenas de camiões e motoristas para o fazer. 

Através de uma rede de apoio, as cadeias de distribuição de paletes trabalham por áreas postais designadas para a entrega e recolha de mercadorias. Para reduzir ainda mais os tempos, os centros de transporte estão localizados em áreas estratégicas do país, tornando o processo mais rápido e fácil. 


Transporte paletizado  As vantagens do transporte paletizado 

Com tudo o que vimos acima, podemos concordar com uma série de vantagens de mercadorias paletizadas, tais como maior produtividade, optimização do espaço disponível no armazém, redução dos custos de carga e descarga das diferentes mercadorias, melhor manuseamento das mercadorias transportadas e maior segurança para os trabalhadores que manuseiam as mercadorias, desde os empregados do armazém até aos motoristas. 

  • Além disso, o transporte paletizado traz muitas vantagens para alcançar uma maior produtividade no sector em geral: 
  • As paletes de madeira têm medidas semelhantes, o que facilita muito o desenvolvimento de uma cadeia logística ordenada, para além dos processos de aprovação e controlo na alfândega. 
  • Baixos custos de manutenção. Com excepção da reparação de algumas pancadas e fissuras, as paletes não requerem um grande investimento. 
  • Elevada resistência à passagem do tempo e utilização constante. Por outro lado, as paletes são capazes de proteger a mercadoria e evitar que esta seja suja, batida ou danificada. 

Em suma, o transporte paletizado é uma solução muito económica. Além disso, ajuda a minimizar potenciais riscos e danos nas mercadorias ou embalagens, o que torna os veículos de mercadorias paletizados um elemento indispensável no domínio dos transportes.

Check Also

A Wtransnet colabora com o 2º Congresso Nacional da Mulher no Transporte (Espanha): Um evento voltado para o futuro

Este dia 20 de março, o Teatro Goya de Madrid tornar-se-á o epicentro do 2º …