Home / Transporte e atualidade / Transporte / As cargas parciais ganham terreno às completas

As cargas parciais ganham terreno às completas

Mesmo que para o Dpto. de tráfico de uma empresa de transporte seja mais cómodo gerir as cargas completas, o seu acrônimo em  inglês FTL (Full Truck Load), na realidade é que diariamente os operadores realizam um quebra cabeças para completar os seus camiões. Falando de rentabilidade, não há nada como viajar com o camião completo.

As Cargas parciais ou LTL (Less than a Truck) são aquelas que não necessitam de um camião completo e por isso, só paga o espaço em uso dentro do mesmo. O espaço restante é completo com cargas de outras empresas que não possuem um grande volume de mercadoria para completar um trailer.

bolsa-cargas-parciales.jpg

A diferença no final, é o tempo que leva o transporte, já que um composto de cargas parciais terá mais de um lugar de destino e fazer a recolha da mercadoria de forma fracionada para colocação a bordo, enquanto as FTL são a mercadoria de uma só empresa para uma só entrega.

Aqui também deveríamos falar sobre as operações de transporte de grupagem, atividade que realizam algumas empresas dentro da categoria de cargas parciais e que em ocasiões, de forma errónea utiliza-se para falar do mesmo. As empresas que realizam grupagem costumam ter uma rota fixa na qual se completa o camião com cargas combinadas de vários clientes oferecendo a possibilidade de enviar uma mercadoria a qualquer ponto reduzindo consideravelmente o custo do transporte.

bolsa-grupagens-cargas-parciales-wtransnet.jpg

Quais os benefícios de trabalhar com cargas parciais?

 Embora a priori possa parecer ter mais desvantagens que vantagens, o fato é que cargas parciais trazem benefícios para todos na cadeia de abastecimento. Em primeiro lugar, o cliente final é capaz de reduzir os custos do transporte. A agência ou operadora logística ou opera otimizar os seus envios e o transportador completa o camião obtendo um maior benefício , uma vez que, não é o mesmo que um cliente pague por um camião cheio a que 3 clientes paguem por 3 parciais

No momento de gerir parciais e grupagens, é necessário ter em conta não só a procura de camiões que façam esta rota mas também que estejam dispostos a levar cargas de diferentes clientes e que tenha disponível os metros necessários no camião para transportar a carga. Todo este quebra-cabeças faz sentido e torna-se fácil de gerir graças à Bolsa de grupagens e cargas parciais da Wtransnet, a única do mercado.

Aqui ganha muito mais valor o sistema de coincidências que já encontrávamos na bolsa de cargas normal e que simplifica ao máximo o processo. Neste caso oferecemos a carga especificando os metros necessários, a data para o transporte e a rota para o sistema dar início ao matching com os camiões disponíveis que coincidam com os 3 requisitos

As empresas de transporte e operadores logísticos que procuram metros lineais para suas cargas, possuem na Wtransnet um bom aliado, onde cada vez existe um maior número de ofertas de camiões disponíveis para este tipo de transporte. De fato, em 2014 as ofertas de cargas e camiões parciais para este perfil de transporte representavam o 40% das ofertas de camiões oferecidos, ampliando esta percentagem em 2015 para 54%.

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *