Home / Transporte e atualidade / Transporte / A Black Friday e o Natal marcam o aumento da procura de transporte no final do ano

A Black Friday e o Natal marcam o aumento da procura de transporte no final do ano

Aproxima-se um dos dias mais esperados pelos consumidores de Espanha, Porugal e de todo o mundo. Falamos, obviamente, da Black Friday, aquele dia (que agora já se prolonga além de 24 horas) em que os estabelecimentos comerciais põem os seus produtos à venda com grandes descontos. Depois, chegará a Ciber Monday e, poucas semanas depois, o auge da campanha natalícia. Assim, temos pela frente semanas em que se multiplicarão os pedidos de serviços de transporte para que todos os envios cheguem a tempo aos seus locais de destino.

A Organização Empresarial de Logística e Transporte, UNO, estima que, na segunda-feira a seguir à Black Friday de 2019, ocorrerão 3,5 milhões de envios, mais 10% do que em 2018. E não só isso, sempre com dados desta organização, nos dias posteriores a média de envios será de 2,5 milhões de encomendas diárias, fruto da confluência de todas estas datas de aumento do consumo e que o exercício anterior representou mais 10% do que na passada campanha.

A procura de serviços de transporte é tão elevada que até se torna complicado encontrar veículos disponíveis quando não se pode assumir o volume de trabalho com a frota habitual, fazendo-se ocasionalmente a subcontratação de prestadores de transporte através de bolsas de cargas como a Wtransnet. Há que ter em conta que, nessa semana, concentra-se 8% das vendas de todo o ano e que as vendas do setor retail são 322% superiores à semana imediatamente anterior.

Basta consultar a procura de camiões na bolsa de cargas da Wtransnet de 2018 para ver claramente os números indicados. A média mensal de procuras entre janeiro e outubro situa-se à volta das 62 000, com o pico mais alto em julho ligeiramente acima das setenta mil procuras. Porém, nos dois últimos meses do ano chega-se a cotas que duplicam a mencionada média, com mais de 120 mil procuras tanto em novembro como em dezembro.

Não é por acaso que 25% dos presentes de Natal serão comprados durante a semana da Black Friday. No ano passado, o setor do transporte demonstrou que sabe dar resposta a épocas de picos prolongados como esta, e novamente em 2019, voltará a estar à altura.

As empresas já estão a planear estas datas, especialmente aqueles que fazem entregas imediatas. Trata-se de um dos principais elementos de marketing das lojas de e-commerce, mas evidentemente requerem a existência de uma rede de distribuição ampla e de confiança. Por esse motivo, também aumenta, como se dizia, a procura de camiões, e as empresas de logística estão preparadas para abordar uma das épocas mais importantes do ano a nível de trabalho.

Check Also

A bolsa de grupagens, um aliado da “nova normalidade” no setor do transporte

A situação gerada pela Covid-19 em toda a Europa alterou notavelmente o panorama do transporte ...

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *